Quarteto BRS
Quarteto BRS - Proposta Educacional (Apresentação)

Processando vídeo...

Com total de 6 premiações em Grammys/Latin Grammys na bagagem, quatro renomados músicos brasileiros se uniram formando o Quarteto BRS. Com Celso de Almeida (bateria), Paulo Paulelli (baixo), Marcus Teixeira (guitarra/violão) e Felipe Silveira (piano/teclado), o quarteto tem como objetivo a difusão da música brasileira, de forma didática e interativa, revelando as técnicas e conceitos que compõe o suíngue dos ritmos brasileiros e suas vertentes.
Rosa Passos, Edu Lobo, Leny Andrade, Eliane Elias, Zé Luiz Mazziotti, Paquito D’Rivera, Raul de Souza, Dominguinhos, Hector Costita e Emílio Santiago são apenas alguns nomes dos artistas com quem os músicos do quarteto já atuaram, individualmente ou em conjunto, contribuindo com a história da música brasileira.
Celso de Almeida 
Celso de Almeida é um dos bateristas mais influêntes da música brasileira. Natural de Tupã começou a tocar desde cedo, influenciado por seu pai, também baterista Ary de Almeida e ao longo de 50 anos dedicados a música, Celso tocou com grandes nomes da música brasileira, tais como: Edu Lobo, Rosa Passos, Raul de Souza, Johnny Alf, Leny Andrade, entre outros. Celso participou do disco de Eliane Elias, entitulado “Dance of Time”, que foi premiado no Latin Grammy 2017 como melhor álbum de jazz latino. Viajando pelo mundo em turnês ou gravações, Celso já se apresentou nos mais renomados teatros e bares de jazz, como Lincoln Center Theater em New York, Blue Note de New York, Milão, Nagoya e Tóquio, além de ministrar workshops em universidades consagradas, como Drummer’s Collective em New York e Berklee em Boston. Celso acompanha a cantora Rosa Passos por vinte anos e atualmente também atua com a Banda Mantiqueira, lidera o Celso de Almeida Trio e integra o Quarteto BRS.
Marcus Teixeira 
Nascido no Rio de Janeiro em 1966, MarcusTeixeira é guitarrista e compositor. Estudou na Escola de Música de Brasília em 1982 com o professor Paulo André Tavares. Em 1992 na França, ingressou no último ano do curso de Jazz Ensemble no Conservatoire National de Region de Marseille, na classe do professor Philippe Renault, onde obteve o primeiro prêmio (Medaille d’Or com unanimidade e felicitações do Júri).  Marcus se tornou um dos músicos brasileiros mais influentes da sua geração. Como arranjador e/ou músico, já trabalhou com ícones da música brasileira e internacional, tais como: Gal Costa (com quem trabalhou por quase 10 anos, excursionando pelo mundo todo em diversas ocasiões e gravando sete discos), Leny Andrade, Eliane Elias (com quem ganhou dois Grammys, em 2016 e 2017), Rosa Passos, Cesar Camargo Mariano, Emílio Santiago, Maria Rita (com quem ganhou um Grammy em 2004), Maria Schneider, Gilson Peranzzetta, Marc Johnson, Madredeus, Fabio Torres (Trio Corrente), Filó Machado, Leila Pinheiro, Jane Duboc, Fátima Guedes, Zé Luiz Mazziotti, Cristovão Bastos, Nelson Ayres, Célia, Ney Matogrosso, Zélia Duncan, Flávio Venturini, Alaíde Costa, Zizi Possi, Nailor Proveta, Toninho Ferragutti,entre outros. Atuamente Marcus Teixeira é integrante do Quarteto BRS, Quinteto Cais, além de atuar como docente da EMESP (Escola de Música do Estado de São Paulo) desde 2000. 
Felipe Silveira
Felipe Silveira, pianista e intérprete, professor, arranjador e compositor, natural de Campinas - SP, Felipe estudou música popular com Jaime Barbosa e atua como músico profissional há mais de 15 anos. Neste curto período já adquiriu vasta experiência tocando ao lado de músicos de renome como: Hector Costita, Lito Robledo, Fernando Merlino, Thiago do Espírito Santo, Teco Cardoso, Toninho Ferragutti, Bruno Mangueira, Michel Leme, Cuca Teixeira, Idriss Boudrioua, Daniel D’Alcântara, Ademir Júnior, Phil DeGreg, Wilson Teixeira, Walmir Gil, Bob Wyatt, Michael Waldrop, David Spencer, Enéias Xavier, Vinicius Dorin, Djalma Lima, Natan Marques, Harvey Wainapel, Celso de Almeida, Sizão Machado, Marcus Teixeira, entre outros. Acompanhou vários intérpretes como Juliana Caymmi, Danilo Caymmi, Fátima Guedes, Adyel Silva, Dina Blade, Myrthes Aguiar, Claudio Nucci, Célia, Vírginia Rosa, Filipe Cato, entre outros. Como produtor trabalhou no disco Do outro lado do mar, de João Alexandre, que contou com participações de Abraham Laboriel, Julio Figueroa, Rique Pantoja, Michel Leme, Hélio Delmiro, Leonardo Gonçalves, Rildo Hora, entre outros.
Felipe possui um disco lançado em 2011 com composições próprias voltadas para a vertente de canções brasileiras e atualmente integra o Quarteto BRS e o Quinteto Cais.
Paulo Paulelli
Virtuoso multi-instrumentista e compositor, Paulo Paulelli é natural de São Paulo e começou a atuar profissionalmente como baixista aos 15 anos de idade. Nascido em família de músicos, recebeu forte influência de seus familiares, especialmente de seu tio Messias Santos Júnior, parceiro de Chico Buarque e arranjador de João Gilberto.
Em outubro de 2009, Paulelli lança seu primeiro cd autoral intitulado “Insight Moments”, como o título sugere, seu álbum é um reflexo de estilo próprio e sons únicos e conta com a com participações de grandes nomes, como: Rosa Passos, Edu Ribeiro, Fabio Torres, Toninho Ferragutti, Alexandre Mihanovich, Celso de Almeida, Cuca Teixeira, Daniel D’Alcantara, Hélio Alves, Marcus Teixeira e Wilson Teixeira.
Ao longo de sua carreira tem trabalhado com referências no jazz e na música brasileira, tais como Rosa Passos, além de se apresentado em inúmeros festivais internacionais de jazz. Integrante do trio Corrente, que vem se destacando ao lado de músicos consagrados como Paquito D`Rivera, juntos lançam um cd intitulado ” Song for Maura “ vencedor como melhor álbum de latin jazz no Grammy Americano de 2014.